Resumo da Semana: Power Rangers, Bounty Battle e Guilty Gear

Saudações amigos! No resumo dessa semana, um novo jogo de luta que reúne diversos personagens de games indies está chegando na praça. Também tem novo trailer da Red Samurai Ranger e curiosidades interessantes reveladas pelos dev de Guilty Gear -STRIVE-.

Power Rangers: Battle for the Grid

A nWay confirmou que Lauren Shiba, a Red Samurai Ranger chega no próximo dia 15 de setembro e com o aviso veio um trailer com o gameplay da personagem. Laura é a segunda de três lutadores que fazem parte da Season 3 do game. Confira o vídeo!

Bounty Battle

Chega nessa semana Bounty Battle que, de certa forma, pode ser apelidado de “smash dos indies”. A proposta do jogo é trazer personagens de vários jogos independentes e fazer todo mundo sair na porrada. O cast do jogo traz figuras de jogos como Guacamelee, Darkest Dungeons, Dead Cells, Jotun entre outros. Ao total serão 30 personagens de 20 títulos diferentes.

As partidas serão com até quatro pessoas e haverá modos Torneio, Versus, Challenge além de um Tutorial e uma Training Room.

BountyBattleScreenshot(11)

Bounty Battle chega no próximo dia 10 de setembro para PS4, Xbox One, Switch e PC, via Steam.

Guilty Gear -STRIVE-

Durante o ciclo de desenvolvimento do próximo jogo da série a Arc System Works vêm organizando de tempos em tempos publicações chamadas Developer’s Backyard que, no final das contas, são um “Perguntas e respostas” com os fãs. O terceiro e mais recente volume dessa publicação aconteceu na semana passada e trouxe algumas coisas interessantes.

Entre perguntas sobre a continuação da história, rollback netcode e as diferenças entre criar um jogo que se adeque para diferentes perfis de jogadores (iniciantes, experientes, etc), uma das perguntas fala sobre algumas técnicas que estavam presentes no Closed Beta mas que em nenhum momento foram sequer mencionadas. Os desenvolvedores confirmaram essa afirmação e que foi algo intencional para avaliar o comportamento dos jogadores.

“Sim, mesmo no Closed Beta, incluímos muito mais técnicas do que aquelas que explicamos. Queríamos coletar dados sobre o que os jogadores encontrariam e como as usariam durante um tempo limitado no jogo”, respondeu o diretor de desenvolvimento Akira Katano. Ele complementa que no final das contas, a equipe quer dar aos jogadores espaço para descobertas que vão além de suas expectativas.

Guilty Gear -STRIVE- está programado para sair no começo de 2021 para PS4 e PS5.

Skullgirls

Falamos no último resumo  dos problemas que aconteceram no estúdio Lab Zero Games, responsável pelo desenvolvimento de Skullgirls, com a saída de vários membros da equipe em reação ao comportamento do diretor da empresa, Mike “MikeZ” Zaimong. Pois bem, as coisas não melhoraram muito desde então. Todos os funcionários que sobraram foram demitidos.

O Kotaku apurou que sobraram 11 funcionários no estúdio, incluindo MikeZ, mas que o clima no local era que era uma questão de tempo até o estúdio fechar de vez. Em um comunicado enviado para o site, em resposta a esse tema, Zaimong disse que a Lab Zero foi forçada a realizar essas demissões pois a empresa não seria mais capaz de cumprir suas obrigações contratuais. “Não é uma decisão fácil. Eu pessoalmente sei quão difícil é achar um emprego em uma economia tão prejudicada, mas temos mais dívidas que dinheiro, e a última coisa que desejo é não conseguir pagar meus colegas de trabalho pesado ou nossos parceiros. Estamos estudando opções para trazer os membros da equipe de volta, mas no momento isso não é uma opção”, disse o diretor.

Enquanto isso vale lembrar que Autumn Games, dona da marca, e a Hidden Variable Studios, responsável por desenvolver a versão mobile, se comprometeram a manter o suporte a Skullgirls, em todas as suas versões.

 

Deixe o seu pensamento